Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Outubro, 2015

 

 Este mito fala sobre o retorno de Òrúnmìlà para o òrun, ficando os ikin¹ como seus representantes na Terra. Tem início num determinado tempo, quando Òrúnmìlà ainda não possuía filhos e seus oponentes o recriminavam: “Bàbá ò ní bi omo ni Ifè.” [“O pai que não tem filhos em Ifè.”]. Mas estavam enganados, pois mais tarde ele veio a ter oito filhos que se tornariam reis em várias cidades yorubás.

O primeiro filho foi denominado Alárá, o rei da cidade de Ará; o segundo foi Ajerò, rei de Ìjerò; o terceiro, Olóyémoyin, rei da cidade deOyé; o quarto, Alákegi; o quinto, Óntangi-òlélé, rei de Ìtagi; Eléjèmòpé, de Ìjèlú; Owaràngún-àga, título de sacerdotes de Ifá; e Olówó, rei deÒwò.

Òrúnmìlà sentiu-se realizado, e, por ocasião de uma grande solenidade, quando celebrava um ritual, mandou chamar seus filhos. Atendendo ao chamado, todos prestaram obediência ao pai, saudando-o com a expressão “Àborúboyè bo síse.” [“Que os rituais sejam abençoados e aceitos” ou “Que o sacrifício seja abençoado e aceito.”]. Apenas Olówó se recusou a saudar Òrúnmìlà. Além disso, ele estava todo vestido de forma idêntica ao pai, o que significava uma afronta e desrespeito à autoridade paterna.

Òrúnmìlà exigiu que ele dissesse as mesmas palavras dos irmãos, mas ele se recusou, permanecendo de pé e dizendo:
Òrúnmìlà, você se veste com a roupa òdùn², eu me visto com a mesma roupa; você empunha o òsùn³ feito de bronze, também tenho o meu cajado de bronze; suas sandálias são de bronze, as minhas também são; você usa uma coroa, e eu também. Assim, uma cabeça coroada não se curva para outra cabeça coroada.”

Diante do que estava vendo – uma total afronta à sua autoridade-,Òrúnmìlà se enfureceu e arrancou o òsùn das mãos de Olówó, o que significava cassação de sua autoridade. Mas não ficou apenas nisso. O fato levou Òrúnmìlà a se retirar do plano terrestre e retornar ao òrun. O resultado foi a fome, a peste, as doenças, a esterilidade, pois Òrúnmìlà representava o princípio da ordem, da sabedoria, da fertilidade. Sua partida levou a Terra a um colapso, ameaçando a extinção humana.

Os habitantes da Terra se viram clamando pela sua volta. Os rios secaram, os doentes continuaram enfermos, as espigas de milho brotavam mas não amadureciam. Sacrifícios foram feitos, mas sem resultado algum.

Pediram que os filhos intercedessem pelo seu retorno a fim de restaurar a ordem das coisas.

Diante disso, os filhos foram até o òrun para pedir que o pai voltasse. Rogaram e recitaram preces de louvores. Mas o pai, mesmo com a decisão já tomada, ordenou-lhes que estendessem as mãos para a frente e deu-lhes os 16 ikin, os coquinhos sagrados de Ifá, dizendo-lhes: “Quando chegarem em casa, se desejarem possuir dinheiro, serão esses ikin que deverão consultar; se desejarem esposas e filhos, serão esses ikin que deverão consultar.”

Imagem inline 1

Fazendo um determinado ritual, Òrúnmìlà reassumiu sua autoridade, colocando-se como a ligação entre o òrun e o àiyé. Deixou de herança aos seus filhos e discípulos o sistema oracular que permite invocá-lo em todos os momentos necessários.

NOTAS:
  1. Ikin: Coquinhos da palmeira do dendezeiro.
  2.  Òdùn: Um tipo de traje yorubá com detalhes feitos em palha-da-costa.
  3. Òsùn: Um bastão sagrado utilizado apenas pelos Bàbáláwo, símbolo de uma divindade conhecida pelo mesmo nome. É usado como um cajado e sempre posicionado ereto e colocado de pé apoiado numa parede.
Fonte:  Livro “Mitos Yorubás: O Outro Lado do Conhecimento”, de José Beniste
Fotos blog: Ìyálòrìsà Fernanda T’Òsún Doko
Advertisements

Read Full Post »

fhdtsh

Uma pequena relação das forças espirituais, irunmǫlę e Òrìşà que habitam o panteão yorùbá, muitas dessas energias estão atuando em nosso dia a dia sem que tenhamos conhecimento. Eleve seus pensamentos para as energias que pouco são lembradas, porém, nos ajudam constantemente.
Epá imǫlę. Epá Òrìşà.

Aàjà Espírito do Furacão.
Abanigbele Espírito do fogo, esta é uma referência para a animação da consciência que existe dentro de uma chama ardente.
Agayu Espírito do Fogo, no Centro da Terra.
Àgbìgbò Espírito da Floresta, que causa problemas.
Agemo Espírito da Floresta adorado na região Ìjèbú da Nigéria.
Àguala Espírito de Vênus.
Àjàlá – mòpin Espírito que molda a cabeça, e forma a consciência de cada criança recém-nascida.
Àjé Espírito de um Pássaro usado por mulheres (Ìyàámi) para invocar poderes usados para abundância e justiça. Este mesmo poder é usado para consagrar a coroa dos reis Yorùbá. Também é usado como uma referência a dinheiro ou abundância.
Ajè Şaluga Espírito Elemental da Abundância, sagrado para o Espírito das Mães (Ìyàámi).
Akódá Espírito de um dos primeiros alunos do Profeta Ọrúnmìlà.
Alááànú Espírito que ajuda a consciência a se formar antes do nascimento,
“O Misericordioso”.
Alúdùndún Òrun Espírito Guardião de destino pessoal no Reino dos Ancestrais, a fonte do destino pessoal.
Àmòká Espírito do sol.
Amúsan Espírito de um dos filhos do Espírito do Vento (Oya).
Apetebi Espírito da esposa do Espírito do Destino (Ọrúnmìlà).
Àpárí – inú Espírito do eu interior.
Aroni Espírito da floresta Espírito primordial com o corpo de um ser humano e a cabeça de um cachorro.
Arúku Espírito que transforma e eleva o espírito dos antepassados.
Àsedá Espírito de um dos primeiros alunos Profeta Ọrúnmìlà.
Abanigbele O Espírito de Fogo, esta é uma referência para a animação da consciência que existe dentro de uma chama ardente.
Ọbàlúwayè Espírito da superfície da terra, este é o Espírito associadas a essas doenças infecciosas que são transportados pelo vento em toda a superfície da terra durante períodos secos e quentes do ano.
Dada O Espírito dos vegetais, também o guardião Espírito recém-nascido crianças com grandes tufos de cabelo.
Ejufiri O Espírito que molda a consciência, a base da força interior.
Elekeji eni O duplo do espirito, o Eu superior.
Erinlè Espírito da Canção.
Èşù O Espírito do Mensageiro Divino, que também tem o papel do Espírito do Malandro Divino e o Espírito do Executor Divino.
Èdán Espírito do aspecto feminino do Espírito da Terra (Onilé).
Egbéògbà Espírito honrado pela sociedade de mulheres (Ìyàámi).
Ęlà O Espírito da Pureza, a primeira Reencarnação do Espírito do Destino (Ọrúnmìlà).
Eléèdá Criador, associado com a central de energia entre os olhos.
Ibeji Espírito de gêmeos.
Ìbéta Espírito de trigêmeos.
Ikú Espírito da Morte.
Ìpònrí Eu superior, descrito na escritura de Ifá como espirito duplo de uma pessoa que vive no Reino dos Ancestrais (Ìkợlé Òrun).
Iponri A Força da Natureza (Òrìsà) que orienta a consciência de um indivíduo em particular.
Ipọrí O Espírito do dedão do pé, em Ifá é a reverência Ancestral, o dedão do pé é o lugar onde a consciência pessoal (Ori) forma uma ligação com a consciência Ancestral (Orí Egún).
Ìràwò alé A estrela Sirius, o Espírito de Sirius referido como a canoa estrelar na escritura de Ifá.
Irépò Espírito de Cooperação.
Korí Espírito que cria a cabaça do Eu interior.
Mágbéèmitì Espírito que molda a consciência.
Odù Espírito do ventre da criação.
Odùdúà mesmo que Odùdúwà.
Odùdúwà Espírito de personagem negro, o preto é uma referência simbólica para o que é invisível, o oposto da luz. Em algumas regiões da Nigéria este espírito é a deusa primordial, em Ilè Ifè este Espírito é o ancestral masculino original da cultura yorùbá.
Odùmarè Variação regional de Òlódùmarè, que é a fonte de Criação.
Ofere Espírito da Estrela da Manhã.
Ògún O Espírito do Ferro.
Òjìjí Espírito da sombra criado pela manifestação física de uma pessoa de emoções negativas.
Òjòntarìgì Espírito da esposa do Espírito da Morte (Ikú).
Òlódùmarè Espírito de Criação.
Olófin Espírito da lei, ou seja: “Proprietário da lei”, o Legislador.
Olojongbodu Espírito da esposa da morte (Ikú).
Olókun Espírito do Oceano.
Olóore Espírito que molda a cabeça dos bebês antes do nascimento.
Olorí – Mérìn Espírito que protege as cidades, o que significa: “Espírito, com quatro Cabeças”.
Ọlọsa Espírito da Lagoa.
Olumu O Espírito do Entendimento.
Olúworíogbó O Espírito que faz chefes, o que significa: “Criador dos chefes da floresta”.
Onílé Espírito da Terra, o que significa: “Dono da Terra”.
Oòrùn Espírito do sol.
Òòsà Oko Espírito da Fazenda.
Ǫpęlę Espírito da esposa do Espírito do Destino (Ọrúnmìlà)
Orí Espírito da Consciência, também significa cabeça de uso comum.
Òrìsà Agbala Espírito guardião do quintal (espaço externo), o irmão mais novo do Espírito da Fazenda (Òrìsà Oko).
Òrìşà – bi Espírito da esposa de Òrungan.
Òrò Espírito da Floresta, invocado como parte dos ritos fúnebres.
Osu Espírito da Lua, filha do Espírito dos Raios (Sàngó).
Òsùmàrè Espírito do arco-íris.
Osun Espírito que protege consciência individual.
O’yansa Espírito da Mãe do Espírito do Vento (Oya), significando:
“Mãe de Nove”.
Oye Espírito do Vento Harmattan, mora no morro Igeti com o Divino Mensageiro, o aspecto masculino do Espírito do Vento (Oya).
Oba Ìgbàláyé Espírito das Quatro Estações, ou seja: “Rei do Cabaça da Terra”.
Ọbàlufọn Espírito que protege Artistas.
Ọbà Oke Espírito da Montanha.
Ợbàtálá Espírito do Rei de Pano Branco.
Obba Deusa do Rio Òbá.
Olórun A Fonte, o Ser supremo.
Olósà O Espírito da Lagoa.
Oramife Espírito do Pai do Espírito do Raios (Sàngó).
Òranmiyàn O Espírito da Guerra, considerado o Pai do Espírito do Raio (Şàngó) em Ilè Ifè.
Òrò Espírito do Poder da Palavra.
Òrungan Espírito da criança do Espírito da Mãe dos Peixes (Yemọjá).
Ọrúnmìlà Espírito do Destino, o profeta de Ifá, encarnação física de o Espírito de Pureza (Èlà).
Òrun Òkè Espírito das Montanhas no Reino Invisível dos Imortais.
Òsànyìn Espírito das Ervas e da Medicina.
Òsóòsì Espírito do Perseguidor.
Òsún Espírito do Rio, fertilidade, sensualidade e abundância.
Ợya Espírito do Vento e Espírito do Rio Níger.
Òràányàn Espírito do Primeiro Rei (Ọbà) de Ọyọ.
Òràngun Espírito do neto de Odùdúwà.
Poripon Sigidi Espírito de Combate.
Sàaragaá Espírito que molda a consciência (Orí), significando: “O Estranho lugar da singularidade”
Sùngbèmi Espírito que molda a consciência (Orí), significando: “Esteja mais perto de mim”.
Şàngó Espírito do Raio, também o quarto Aláàfin de Òyó.
Sigidi Espírito Mensageiro, o espírito guerreiro que protege uma linhagem familiar particular.
Sigidi Sugudu Espírito do Pesadelo.
Sòponnà Espírito da varíola.
Yemò Espírito da Esposa do Espírito do Rei de Pano Branco (Ợbàtálá).
Yemòwó Espírito da Esposa do Espírito do Rei de Pano Branco (Ợbàtálá).
Yemọjá Espirito do rio Ògún, que significa: “Mãe dos Peixes

A relação foi confeccionada pelo Áwo Falokun e traduzida por Odé Gbàfáomi.

Read Full Post »

Òdúndún-A folha Universal

Òdúndún-A folha universal

Conhecida popularmente por Folha da Costa, saião, folha ou erva grossa. De origem brasileira, esta folha é encontrada em várias lugares de clima tropical e até aclimatada em outros países.

Tanto no Brasil como na África, esta planta é dedicada a todos os Orixás ligados a mito da criação, conhecidos como òrìsà-funfun, e por extensão, é utilizada para os demais Orixás.
Nos candomblés brasileiros é usada nos rituais de iniciação e obrigações em geral, ligada aos banhos de  àgbo, as oferendas de Eborí, nos sacrifícios de animais cobrindo os olhos dos animais para não ver Ikú, etc.
Òdúndún, é a folha que acalma, esfria o Ori, saudada no ritual de sasányìn, é a principal  folha dos filhos de Oxalá. Folha que participa juntamente com outras folhas, do orô da lavagem das vistas e dos búzios dos sacerdotes confirmados por Orunmilá na obrigação de sete anos com direito a utilizarem o Merindilogun.

Verger, dá a fórmula de um “omieró” onde constam várias folhas, entre elas òdúndún, utilizados por babalawos africanos para lavarem os olhos antes de abrirem o Igbádú. Verger ainda cita que em Ilésin de Ideta-Ilê, no culto a Obàtálá e Yemowo, este vegetal é utilizado, em conjunto com outros para lavar objetos rituais após os sacrifícios, é conhecido ainda pelo nome de elétí.

Nome científico: kalanchoe brasiliensis Camb., Crassulaceae
Sinonímia: Kalanchoe crenata (Andr.) Haw
Elementos: Água/feminino
Orixá: Oxalá
Ewé Òdúndún
 
Òdúndún Bàbá t’èrò re
Òdúndún Bàbá t’èrò re
Bàbá t’èro lé
Monlé t’ero re
Òdúndún Bàbá t’ero re
 
Tradução: 
 
Odundun Pai espalhe sua calma
Odundun Pai espalhe sua calma
Grande espírito, espalhe sua calma
Odundun Pai, espalhe sua calma
 
Àbámodá – Folha-da-Fortuna
 Imagem inline 1
A característica principal dessa folha que a distingue de uma outra qualidade de Fortuna é o surgimento de muitos brotos nas bordas das folhas, fato associado à prosperidade, no àgbo de Xangô e lavagem dos seus objetos pessoais:
Uma característica dessa planta é o surgimento de muitos brotos nas bordas das folhas, fato associado à prosperidade; 

Abamodá

Nativa das regiões tropicais asiáticas. foi introduzida a muito tempo na América tropical, ocorrendo em todo território nacional.
Em Ilê Ifé, terra de Ifá, em território Yorubá no sudeste africano, nas cerimônias a Obatalá e Yemowo, após os sacrifícios, as imagens desses Orixás são lavadas com uma mistura de folhas, sendo uma delas o àbámodá, que também é conhecida pelos nomes   de erú òdúndùn, kantíkantí e kóropòn.  Àbámodá, segundo Dalziel, em dialeto Yorubá significa “o que você deseja, você faz”; todavia, quando chamada de erú òdúndùn (escravo de òdúndùn)  é considerada como folha subordinada e afim,  que pode eventualmente substituir o òdúndùn (kalanchoe crenata), segundo a cosmo visão Jêje/Nagô.
Nome científico: Bryophyllum pinnatum (Lam.) Oken.
Sinonímia: 1) Bryphyllum calcinun Salisb
                    2) Kalanchoe pinnata Pers
Elementos: Água/Feminino
Orixás: Xangô, Orunmilá/Ifá, Yemanjá.
Òdundún Odò-Fortuna Serralha
Imagem inline 2
As características desse folha é o tipo serra, chamada popularmente de falsa-serralha, serralha-mirim, Pincel, que popularmente é conhecida e muito confundida com Òdúndún e Abámodá.
Nome científico: Emilia sagiatta (Vahl) DC., Compositae
Sinonímia: não conseguiram determinar alguma relação com as espécies acima
Elementos: Água/Masculino
Orixá: Exú
Em alguns candomblés utilizam normalmente dessa folha nos àgbos e banhos em geral. Alguns estudiosos garante que são espécies muito parecidas confundindo até um bom conhecedor de folhas, todo cuidado é pouco porque existem muitas espécies conhecidas como saião, folha da costa, odundun.
Teremos então:
1- Òdúndún- folha principal de Obatalá e que serve para todos os Orixás
2- Àbamodá – folha principal de Xangô
3- Òdundún Odò – folha de Exú e para banhos limpeza
Bibliografia: Ewé Òrìsà – José Flavio P. de Barros e Eduardo napoleão
                   Ewé – Pierre Verger
Colaboração: Fátima Diniz (Mercadão das Ervas de Madureira) Fernando D’Osogiyan
Fotos: Internet

Read Full Post »

O artigo a seguir é uma junção de três opiniões dadas por Bàbáláwo de diferentes idades, escolas de aprendizagem e visão sócio-política.
A ideia é formar uma mistura que dê uma visão do que pensam pessoas (seres humanos como nós) qualificadas dentro de Ifá e como as pessoas interpretam a filosofia de Ifá.
Devemos saber de antemão que Ifá não está baseado em dogmas, como querem alguns, não está preso a amarras e que a palavra Divina é evolutiva.
Eu preferi me abster em tecer qualquer tipo de comentário ou fazer apêndice para que a informação seja digerida crua e sem temperos, a tradução ficou o mais perto possível da realidade do pensamento do Bàbáláwo. Espero que estes argumentos ajudem a pavimentar a evolução e o desenvolvimento do entendimento da Palavra Divina (Ifá).
Boa leitura.

A Homossexualidade
Pelo Oluwo Solágbadé Popoợla

O sexo como temos acentuado anteriormente, deve ser heterossexual e vaginal em sua natureza. Outras atividades sexuais que são descritas em Ifá como perversões sexuais, incluem:
Sexo oral, sexo anal, a homossexualidade, o sexo grupal, genital, ou com várias penetrações genitais, sexo virtual, sexo por telefone e etc.
O sexo oral segundo a Wikipédia, a enciclopédia livre consiste em:
Todas as atividades sexuais que envolvem o uso dos lábios e a língua para estimular as genitais. Também pode ser usado antes da comunicação ou para atingir um clímax de um ato sexual que também pode incluir ingestão de sémen ou de fluidos vaginais.
O sexo oral é um tabu em Ifá. Não deve ser realizado. A partir do fato que é um canal para entrada de doenças sexualmente transmissíveis, pode também esvaziar nossa imunidade espiritual. As atividades do irunmọlẹ e outros elementos espirituais são sagradas e divinas. Eles (homens) tendem a dissociar ou se distanciar de semelhante ambiente profano onde a perversão do sexo e outras atividades imorais crescem. Pureza é um dos princípios cardeais no reino da espiritualidade.
Além da declaração da Wikipédia sobre sexo oral, que é usado para estimular os órgãos genitais e é usado como um arranque antes da comunicação ou usado para atingir o clímax do ato sexual que serve para construir a excitação na direção de atingir o orgasmo. Exemplos de pré-partida incluem tocar e beijar os seios da mulher.
Neste ponto, Ifá diz que mesmo quando a excitação sexual é inevitável entre os casais, não deve ser feito de uma forma que pretensiosamente não se ofenda o nosso senso de decência, de higiene e de elevação espiritual. Isso significa essencialmente que a boca para estimulação genital precisa ser totalmente evitada. Vimos exemplos de pré-partida em alguns versos de Ifá que estão de alguma forma relacionados com o sexo oral.
Uma das estrofes que fala está em Òtúrá Aládìí (Òtúrá-Òdí) onde Ifá diz:

Òtúrá Aládìí (Òtúrá-Òdí)

O prazer é limitado
O gozo é sensacional
Esta foi a mensagem de Ifá para Òtúrá
Ele que acaricia as nadegas de sua esposa com tempero
Ele foi convidado a oferecer ebo
Ele fez
Olhe, como é bom e sem limites
A sensação de prazer ilimitado
Òtúrá acariciando as costas de sua esposa
O carinho é agradável

Com respeito ao sexo anal que o Wikipédia definiu como:
Uma forma sexual de comportamento humano normalmente praticada em algumas culturas. Trata-se de anus ou do reto, porém, não se limita isoladamente a inserção do pênis no reto. O uso de acessórios sexuais e outras atividades que envolvem o anus e o reto podem ser considerados como sexo anal também.
Este ato também franze a testa de Ifá. Òlódùmarè que criou o homem e as partes do seu corpo, ja havia designado as funções de cada um deles. Qualquer esforço para forçar a troca ou se fazer mau uso de suas funções podem levar esta pessoa a ira de Òlódùmarè. Cada órgão ou parte do corpo deve ser usado de acordo com os planos de Òlódùmarè.
Algumas pessoas que se entregam a esta forma de comportamento sexual com uma lógica ou pelo menos para racionalizar essas perversões são expressadas como acima. Alguns comparam à magnitude a prática de sexo com o mesmo sexo.
Isso é chamado de homossexualidade.
Observamos esta prática, que é considerado normal em outras espécies da natureza (excluindo homem) ratos, peixes, animais, pássaros, insetos e etc., no entanto, os seres humanos com capacidade superior de raciocínio e inteligência devem usar seus dotes naturais para fazer uma sociedade grande, devem viver em harmonia e deve respeitar as regras de Òlódùmarè, conforme declarado nas escrituras sagradas de Ifá. Ifá disse, como vemos, em Òdí Eléju (Òdí Méjì) e Òfún Alááyé (Òfún-Ìrẹtẹ) que a prática da homossexualidade, lesbianismo, bissexualidade, sexo anal e etc., não é aceitável na humanidade. O sexo é para a procriação e nada mais. O ato, portanto, deve permanecer inviolável.
Vamos examinar o que dissemos:

Òfún Alááyẹ́ (Òfún-Ìrẹtẹ̣):

O epo é bom para temperar o inhame
O inhame é bom para ser comido com epo
A escada de mão é boa para subir até a cumeeira
Uma mulher é melhor para fazer amor que um amigo
Um homem é melhor para fazer amor que uma amiga
Se um homem dorme com outro homem
Resultará em pedaços, furúnculos e mordidas.
Se uma mulher faz amor com outra mulher
Resultará em obscuridade, mal cheiro, sujeira e irritação
Se um homem faz amor com uma mulher
O resultado será como estar no topo do mundo
O gosto é ilimitado e eufórico.
Os órgãos de Òfún-Rẹtẹ̣ são firmes e fortes
Foi quem lançou Ifá para o solteiro convicto
Quando ele vinha desposar Òlélé, a filha de Ọlọ́fà
O solteiro convicto chamou Òlélé porém, ela não respondeu
O problema não é mais o que Ifá possa resolver.

Não há argumento sobre o fato de que o amor entre homossexuais seja a realização ou a fabricação mais agradável. Ifá diz que Òlódùmarè fez isso, com a certeza de que isto seria usado agradavelmente para dar nascimentos de bebês. Se isto não for feito assim, o ato de se fazer bebês será enfadonho e desinteressante e assim estaremos frustrando os planos de Òlódùmarè e seu propósito de povoar a Terra.
Em Ìdín Àárín (Òdí’Òwónrín), Ifá diz que Òlódùmarè teve que adicionar mel, sal, epo, ikodidé (suave atrativo e alta demanda) ao órgão genital da mulher. Òlódùmarè então o cobriu com uma barba de um cabrito para fazer as genitais da mulher mais peludas que as genitais dos homens. Ifá diz que o órgão genital do homem (o pênis) pode explorar e pode aproveitar-se destes recursos para produzir desigualdades e prazeres excelentes.
A estrofe de Ìdin Àárín (Odi’Òwórín) se lê assim:

Òdí Ọ̀wọ́nrín em Òdí Ọ̀wọ́nrín
E Òdí Ọ̀wọ́nrín sobre Òdí Ọ̀wọ́nrín
Foram os Áwo que lançaram Ifá para Olọmọ
Que havia cavado um buraco para guardar riquezas.
Ela foi advertida a oferecer ebo
Ela cumpriu.
Nós pagamos para explorar suas riquezas
É um serviço prestado por uma ordem temporal ou fruição
Nós temos seguido todos os passos
A esposa se tornará nossa.

Neste odù quando o homem e a mulher estavam vindo do Òrun para o Ayè, Òlódùmarè lhes deu Igba Ọ̀kẹ́ (duzentas bolsas de dinheiro, cada bolsa continha 20.000 Conchas de cauwries) para trazerem para o Ayè. Olọmọ (a mulher) disse ao homem que o dinheiro era demasiadamente pesado e estava repartindo o Ọ̀kẹ́ mẹ́wàá (10 bolsas de dinheiro) com o homem para que ele guardasse de forma segura em intervalos diferentes. Quando eles chegaram ao Ayè, ela ficou com apenas ọ̀kẹ́ mẹ́wàá, dez unidades de cores ou dinheiro.
Quando ela pediu seu dinheiro de volta ao homem, ele se negou a dar. Ela ficou furiosa e desconcertada acerca de como recuperar seu dinheiro. Ela decidiu ia a uma consulta com Ifá, então ela foi aconselhada a usar o dinheiro restante para um sacrifício.
Enganar com àáké (Machado), iyọ̀ (Sal), oyin (Mel), epo (Azeite de palma), ìkóódẹ (penas de papagaio), àkàşù ẹ̀kọ (pamonha de milho ou mandioca); o òbúkợ onírùngbọ̀n (cabrito), ẹyẹlẹ́ (Pombo), ẹtù (Galinha D’Angola), eku (Rato), ẹja (Peixe), e obídì (Galinha).
Ela cumpriu.
Quando ela estava dormindo Èşù inseriu a pamonha entre suas coxas.
Ele usou o machado para criar um buraco e inseriu mel, sal e epo.
Ele colocou a pena de papagaio e depois cobriu seus órgãos genitais com a barba do cabrito.
Quando ela acordou, Èşù lhe disse que sempre que o homem quiser fazer amor com ela, ela sempre deverá exigir ẹgbàá, uma bolsa de dinheiro. Assim foi como ela começou a recuperar seu dinheiro. Ela comeu, cuidou dela e pode fazer outras coisas que lhe foram solicitadas.
Ifá dá outra razão pela qual as mulheres devem sempre dormir com homens e por que a homossexualidade, lesbianismo ou bissexualidade não são aceitas por Ifá.
Isto pode ser visto em Ọ̀wọ́nrín Ońlogbo (Ọ̀wọ́nrín-Ìròsùn):

A grama de raízes fibrosas
Foi quem lançou Ifá para Ońlogbo (órgão genital feminino)
Ele que será apresentado com os presentes (dos homens) no mundo
Ela foi avisada a oferecer ebo
Ela cumpriu
Ońlogbo, você parece um galpão abandonado em uma casa viva
Você também transforma um aterro em um mercado
Qualquer homem que vê uma genital feminina
A menos que não faça os arranjos pertinentes
Ira dormir a sombra de uma figueira, olhando o céu.

Como se pode ver neste verso de Odù que as mulheres produzem filhos que por sua vez se convertem em galpões em uma casa vivente. Eles também se convertem em um local de aterro e desejosos centros de comercio. Não há nada que a população humana não possa fazer. Sem o amor heterossexual, não pode haver nenhuma população humana e caminharemos para a extinção.
Os conselhos de Ifá levam mais adiante que qualquer homem que fugir ou amar uma mulher e prefere que seu companheiro não tenha nenhuma casa no céu.
Isto se simboliza com o uso de uma palavra: “Eu fui forçado a me refugiar em uma figueira’.
Quem não tem casa para dormir, dormira fora, sem abrigo e sem companhia que não seja o sono e a sombra de uma árvore.
Isto não é suficiente para entendermos que Ifá não suporta qualquer tipo destes raros comportamentos sexuais. Este tipo de conduta que somente incluem as exibições acrobáticas sexuais permanece no reino animal e não se encaixam na sociedade humana.

=================================================================================

Ifá e homossexualidade

Pelo Bàbáláwo Marcos Ifálọlà

Aboru aboye Iboşíşe, homossexualidade é uma questão difícil, que parece inflamar e criar raiva daqueles que estão em ambos os lados. Ela tende a ser a diretriz quando as coisas esquentam e nada vai influenciá-los a um ponto de vista diferente. Cada lado vai citar textos e citar exemplos em apoio ao seu caso e usar como um argumento convincente. Vou usar apenas como registro, eu sou heterossexual, casado e sou um Bàbáláwo. Eu apoio os direitos dos homossexuais, eu apoio o casamento gay, sou a favor de tratar as pessoas como pessoas e não cidadãos de segunda classe. Eu não apoio Bàbáláwo homossexuais, não por causa de Odù, por si só, mas por causa de coisas que aconteceram na cerimônia de Ìtefá e na cerimônia de Apetebi de minha esposa. Coisas que foram explicadas durante esse processo, e a necessidade para o equilíbrio do masculino e feminino no cuidado de Ifá e no papel de sacerdote de Ifá ao interpretar o oráculo. Isso não significa que os homossexuais não podem louvar Ifá, isso não significa que eles não podem buscar a sabedoria de Ifá, isso não significa que eles não podem seguir Ifa, isso não significa que Ifá não aceitará seus ebo e intervir em seu nome quando eles estão seguindo as recomendações de Ifa. Ifa nunca iria mandar alguém embora que realmente procura a sabedoria de Ifá. Muitos vão tentar dizer que é uma abominação da natureza, e você me responder, a natureza e a ciência nos mostraram casos em que mesmo a cópula sexual ocorre, bem-vindos ao 21 século. Muitos dirão que é um pecado. Como uma pessoa pode amar e respeitar um outro e estar a cometer um pecado?
Somos ensinados a amar uns aos outros, e muitas vezes, nós não escolhemos por quem nos apaixonamos. Se respeitarmos uns aos outros e respeitarmos a nós mesmos, então como poderemos julgar duas pessoas que nos fizeram mal nenhum, e simplesmente optaram por viver uma com a outra em um relacionamento sério?
É duro encontrar alguém, por que deveríamos separar aqueles que descobriram a pessoa amada e vão aproveitar a vida juntos. Muitos dirão a única e verdadeira natureza do sexo é procriar.
E você me responderá: Eu acho que estamos um pouco mais evoluídos do que isso. Certamente, se você nunca usou qualquer tipo de contracepção, exceto a abstinência, nunca teve o sexo pré-marital, e tem planos de ter uma criança e sua esposa ficou grávida, você tem pelo menos a superioridade moral.
Dito isto, eu uso a contracepção, tive relações sexuais antes do casamento e não vejo nada de errado com qualquer uma delas. Eu também não estou interessado em ter toneladas de bebês. Nós não estamos mais em uma sociedade agrícola com altas taxas de mortalidade infantil, onde a necessidade de ter muitos filhos surgiu como uma questão de sobrevivência. Temos muitas crianças no mundo que têm má saúde, estão desnutridas, não são desejadas, são maltratadas / abusadas ou estão doentes. Meu pai era o 13 º em uma família de 13, ele foi criado no campo. Eu não sou ele, nem eu posso me dar ao luxo de cuidar de que muitas crianças, e mais importante, eu não tenho interesse em super popular um mundo já superpovoado.
Se você quer ter filhos, adote.
Este ponto de vista é terrivelmente irresponsável porque promove a ideia de ter filhos, sem respeito ao fato de que toda as pessoas podem, até se dar ao luxo de tê-los! Há uma abundância de pessoas pobres que se seguirem esta atitude seria simplesmente continuar dando à luz, porque eles são casados e se amam, mas não podem alimentar, vestir ou prestar cuidados de saúde.
Nós temos um cérebro, a contracepção é uma realidade, òrìşà não quer que vivamos na idade das trevas. Além disso, há uma abundância de casais heterossexuais que optaram por não ter filhos, será que eles também vão contra a palavra de Ifá?
Certamente, se você usar esse argumento contra os gays, você também deve usá-lo contra quem não tem filhos, e dizer como eles também são abomináveis. As crianças não são uma razão. Muitos vão dizer que é contra os valores da família. Bem, eu conheci muitos pais gays que tiveram crianças saudáveis, inteligentes, cuidavam para que estavam criados na linha reta do caráter.
Eu também sei e leio diariamente sobre a abundância de pais “normais”, que não se importam com as crianças deles. Essas crianças são maltratadas, abusadas, agredidas sexualmente e apanham. Na verdade, eu arriscaria dizer que provavelmente há uma taxa significativamente maior de abuso entre os pais “hetero” do que pais homossexuais. Isso provavelmente se deve em grande parte a ter filhos por opção, e não simplesmente por que duas pessoas copularam sem pensar e depois não souberam lidar com a bagunça. Além disso, eu sempre prefiro ver uma criança em um ambiente de amor, sem levar em conta a preferência sexual de seus pais.
Não são os valores da família sobre o amor, a compaixão, carinho e respeito que ajudam sua comunidade?
Tudo isso são coisas que não têm nada a ver com a preferência sexual de uma pessoa. Quanto ao Odù, eu sou jovem bàbáláwo em Ifa e não finjo ser um especialista. . .
No entanto, como eu o entendo, nem todos Odù se aplicam a todos em todos os momentos. Se o fizessem, não teríamos nenhuma maneira de discernir as mensagens de Ifa de uma forma que fosse significativa para nós. Diferentes Odù se aplicam a pessoas diferentes, em momentos diferentes, na consulta com Ifa. Odù pode certamente ter histórias que falam dos problemas que surgem nas relações a partir de macho para macho ou fêmea para fêmea, e que pode ser cuidado por Ifa. No entanto, parece-me que, a menos que Odu apareça tanto em uma leitura com Ifa, como uma leitura para receber um igba òrìşà ou uma iniciação, o ponto é que as mensagens do Odù não são universalmente aplicáveis a todos. Isto é importante porque implica que ser homossexual não é uma coisa “ruim” em geral, mas apenas em determinadas circunstâncias.
Ifa pode tentar dizer a alguém em uma leitura através de Odu o que fará com que eles, em particular, os problemas. Certamente eu acredito na ciência, e homossexualidade não é uma “escolha”, a ciência é irrefutável, você não pode mais mudar isso, como se muda a cor dos olhos, cor da pele ou o tamanho do cérebro (inteligência).
Existem algumas ocasiões em que isto será uma escolha e essa opção pode não ser boa, e Ifa pode decidir dizer a essa pessoa que essa escolha não é boa para ele (assim como Ifa pode rejeitar qualquer parceiro em potencial sendo hetero ou homo).
Se o Odù aparece para você, você pode optar por aceitá-lo, ou ignorá-lo, é a sua escolha. Ifa está lá para revelar o caminho que o seu Ori escolheu para você, enquanto Kúnlè (ajoelhado) perante Òlódùmarè, para ajudar a compreender a vida. Nesse caso, seria minha obrigação dizer ao cliente o que Ifa está dizendo, e em certos casos, Ifa pode revelar que uma determinada escolha não é o caminho certo para aquela pessoa em especial. Você pergunta, como pode ser assim?
A homossexualidade é inaceitável, Ifa não tolera e isso nunca vai mudar!
Bem, eu gostaria de pedir-lhes para recordar alguns pontos históricos. Em um ponto da história o sacrifício humano era uma parte aceita da cultura Yorùbá. As pessoas eram escolhidas (querendo ou não) para dar a sua vida para a comunidade. Bem, as coisas mudaram, e o sacrifício humano não é mais aceitável, e em algum lugar foi adicionado ao corpus literário de Ifá uma história que diz que a mudança (ver p101 em Chefe Yemi Elebuibon “poder do sacrifício e a cura”). Outro ponto, o infanticídio era também uma parte aceita na cultura yorùbá, gêmeos, antes do reinado de Sàngó eram considerados uma abominação e foram mortos (tanto para procriação ser uma razão para a heterossexualidade como a única norma aceita). Isso foi mudado, e agora Ibeji são reverenciados como sagrados e, novamente, um ẹsẹ de algum Odù teve que ser adicionado ao corpus de Ifa para refletir essa mudança. Em um ponto a escravidão e o tráfico de escravos foi aceita como parte da cultura yorùbá, Reis e chefes incentivaram e tornaram-se ricos ao negociá-los entre si e para os comerciantes europeus (a ascensão e queda do império Òyó está diretamente ligado a isso), agora também não é aceitável.
Quando foi a última vez que você viu um escravo?
(Infelizmente, ainda há aqueles que estão em servidão por dívida, basicamente, Odù Ifá fala de escravidão, em algum momento, foi considerado inaceitável).

Como você pode argumentar que as coisas não mudam?

Em um ponto o casamento inter-racial era ilegal nos EUA. Os mesmos argumentos que as pessoas usam contra o casamento gay ou a aceitação de gays em Ifa foram invocados. Triste, mas verdadeiro. Esta prática só pode ser rotulada como ignorância e ódio. O mesmo tipo de ódio que permitia o casamento inter-racial era ilegal nos EUA, que permitiu que as pessoas fossem negociadas como animais, que diz que uma raça, uma crença, uma religião, um sexo é superior ao outro, e esse “outro” é uma abominação. Chamar a homossexualidade de uma abominação ou olhar para eles por que eles são diferentes é a visão de um fanático ou um racista. Estas são as minhas opiniões, reflexo dos meus pensamentos como uma pessoa e um Bàbáláwo, sobre este assunto. Não tenho a pretensão de ser a “autoridade”, apenas alguém que está tentando entender como eu posso facilitar e intermediário entre os seres humanos e Ifa. Eu incluí as pessoas não citarei Odu contra a homossexualidade em geral. Mais uma vez reitero que, para mim, não são leis universais, mas Odu Ifa que, se eles aparecem na adivinhação, é minha responsabilidade falar com essa pessoa em particular sobre e interpretar por eles o que Ifa diz.

Odu Òfún-Aláàye (Òfún- Ìretè) onde Ifa diz

O epo é bom para temperar o inhame
O inhame é bom para ser comido com epo
A escada de mão é boa para subir até a cumeeira
Uma mulher é melhor para fazer amor que um amigo
Um homem é melhor para fazer amor que uma amiga
Se um homem dorme com outro homem
Resultará em pedaços, furúnculos e mordidas.
Se uma mulher faz amor com outra mulher
Resultará em obscuridade, mal cheiro, sujeira e irritação
Se um homem faz amor com uma mulher
O resultado será como estar no topo do mundo
O gosto é ilimitado e eufórico.
Os órgãos de Òfún-Rẹtẹ̣ são firmes e fortes
Foi quem lançou Ifá para o solteiro convicto
Quando ele vinha desposar Òlélé, a filha de Ọlọ́fà
O solteiro convicto chamou Òlélé porém, ela não respondeu
O problema não é mais o que Ifá possa resolver.

Ìwòrì ‘Wodin (Ìwòrì Odi) Ifa tem este para dizer:

Ìwòrì teve um olhar fantasioso na genital e considerou uma prática adequada
Você considera que Ìwòrì olha para os genitais como um bom Awo?
Este foi declarações do Ifá Panla-Apo que não conseguiram garantir um marido para se casar
Mas optar por estar apaixonado por uma mulher companheiro
Ela foi aconselhada a oferecer ebo
Uma mulher que faz amor com uma mulher do companheiro
Você não sabe que ela está apenas olhando para uma genital sem vida não-produtiva?

Em outra estrofe Ìwòrì Wodin, Ifa diz:

Se esta é a nossa forma de administrar a comunidade
A comunidade teria sido muito desejosa (a viver em)
Este foi a mensagem de Ifa para os cidadãos de Ìwòrì -Wodin
Quem foram aconselhados por Ifa para enviar todos Ọmọ- Òşu * longe
Aqueles que depois de se casar uma vez,
Escolheu executar a ejaculação com colegas mulheres e foram aconselhados a oferecer ebo
Se esta é a nossa forma de administrar a comunidade
Será que a comunidade tem tido este desejo de viver?

Em cada Odu em particular, estes são os conselhos lidos para a pessoa que está sendo consultada e a cada caso, Ifá recomenda algo para eles em particular. Se você acredita que Ifa não pode aceitar a homossexualidade, você está apenas pregando uma mensagem de ódio e que não é diferente da mensagem de superioridade racial.
É uma linha tênue antes de pregar esta mensagem, vemos o tipo de comportamento que da humanidade que pode se inclinar nas atrocidades das cruzadas santas, a inquisição espanhola, Segunda Guerra Mundial, Vietnã, Darfur e inúmeros outros momentos de escuridão.
Respeitosamente,

Oda bò Ifálọlà

***DESCULPE devido à natureza difícil e diversionista deste debate, eu não estou postando comentários de ninguém.
Este é o meu blog, não um fórum geral aberto, é pegar ou largar.

***Obs. Nota do autor que resolvi transcrever.

 

 

=================================================================================

Resposta ao Oluwo Solagbade Popoola

Pelo Bàbáláwo Falokun Fatunmbi

Agbo atò (Saudação que somente os bàbáláwo podem usar para desejar vida longa)

Pediram-me para interpretar vários Odù que foram postados que abordam questões de preferência sexual.
Quero começar dizendo que fui ao Awoni a vinte anos atrás e fiz esta mesma pergunta.
Seria um tabu para gay e léxicas se iniciarem em Ifá?
Os Áwoni são os Áwo do Oni de Ilè Ifé. O Ooni de Ifè é o líder espiritual de Ifá e ele dá ao Áwoni o direito de interpretar ou mudar o Odù.
O Áwoni me disse que não há tabu contra homens gay e mulheres léxicas se iniciarem em Ifá, esta posição tem sido repetida por Chefe Wande Abimbola, que é um Áwoni muito antigo e o Áwo mais velho da diáspora.

Na minha humilde opinião, isso deve ser suficiente, debater mais, seguir em frente com sua vida.
Este problema deve manter sua cabeça elevada devido a uma tendência crescente na interpretação teológica de Odù. Acredito que Odù tem a intenção de refletir a visão mística do profeta Ọrúnmìlà. Essa visão é uma mensagem transcendente expressa em linguagem simbólica. É da responsabilidade teológica de todos awo para traduzir a mensagem transcendente que se aplica à situação histórica atual. A tendência crescente em Ifa é permitir que o fundamentalismo de algumas formas do cristianismo e do islamismo influenciem a interpretação do Odù. O fundamentalismo é a fonte do dogma. Dogma é a noção de que os seres humanos são capazes de conhecer e entender a vontade de Deus. Dogma é sempre a justificativa para o racismo, o sexismo e a homofobia. Quando uma pessoa acredita que racismo, sexismo e homofobia refletem a vontade de Deus, o próximo passo é sancionar a violência como uma metodologia para fazer cumprir a vontade de Deus.
Eu entendo que na visão mística do profeta Ọrúnmìlà, Ifa é antidogmático. Se examinarmos o Odù em Iwa Pele fica claro que o ponto dentro do Odù é o tabu para julgar os outros e que quando nos envolvemos com o tabu de julgar os outros, há sempre consequências trágicas. Nós não julgamos os outros, porque a visão de Ọrúnmìlà inclui a ideia de que, como seres humanos, temos a capacidade de transformar ibi em ire. Esse é o ponto de Ìwòrì meji, da elisão I Awo Ori, que significa: O mistério da consciência.
Ọrúnmìlà ensinou que o mistério da consciência está em um estado constante de fluxo. Cada momento de nossa vida traz a possibilidade de elevação, revelação e crescimento espiritual. Além disso, a tarefa de interpretar Odù não só envolve aplicar a mensagem a um contexto histórico específico, que também envolve a aplicação da mensagem para uma pessoa real com um problema real. Os fundamentalistas não reconhecem essa necessidade, em vez disso, pregam o dogma de que todos os Odù se aplicam a todos.
Eu sou da opinião de que ao se aplicar todos os Odù para todos, estaremos na contra mão da mensagem transcendente de Ọrúnmìlà. Se o Odù deve ser aplicado para todos, então não seria necessário fazer adivinhação.
Tomemos um exemplo óbvio. Há um Odù Ifá que diz:
Ọrúnmìlà um dia foi ao mercado comprar um escravo.
Do ponto de vista fundamentalista, dogmático você pode interpretar que isto significa que os adoradores de Ifa precisam possuir escravos.
Esperemos que seja evidente que este tipo de fundamentalismo do ponto de vista dogmático não é consistente com a mensagem transcendente do profeta Ọrúnmìlà.
Fundamentalista tendem a escolher os versos eles interpretam literalmente como uma forma de evitar esses tipos de contradições.
Aqui está o ponto, se você é um fundamentalista, que é o seu direito, pelo menos, seja coerente com a aplicação do seu processo teológico.
Tomemos o exemplo de Òfún Ìrẹtẹ:

Óleo de palma é bom para complementar o inhame para o consumo
E inhame é bom como complemento para a alimentação com óleo de palma
A escada é boa para a escalada da viga
Uma mulher é melhor para um homem fazer amor com que seus companheiros
Para um homem é melhor uma mulher para dormir como sua companheira
Se um homem dorme com um homem isto irá resultar em pedaços, furúnculos e bouba (doença de pele)
Se uma mulher faz amor com a mulher do companheiro
Isto irá resultar em trevas, federá a sujeira, mau odor e irritação
Se um homem faz amor com uma mulher
E uma mulher dorme com um homem
O resultado é como se sentir no topo do mundo
A sensação é como ter prazer ilimitado e incondicional
Órgão de Òfún-Rete é forte e túrgido
Este foi quem lançou Ifa para um celibatário radical
Quando ia casar com a descendência de Olete Ọlọ́fà
O celibatário radical chamou Olete mas ela não respondeu
Não é um problema que Ifá não possa resolver.

Este ẹsẹ Ifá vem do trabalho de coletas de baba Pópóolá e eu quero agradecer a ele por fornecer este excelente exemplo de um versículo que nos dá a oportunidade de examinar diferentes abordagens para a interpretação.
Em primeiro lugar, não há nada no verso que sugere que este Odù aplica-se a toda a humanidade, não há versos, que eu saiba, onde o profeta Ọrúnmìlà ensinou que todo versículo se aplica a todos. Um fundamentalista que interpreta o Odù através do uso do dogma, diria que todos os versos são a palavra de Òlódùmarè e, portanto, a expressão da vontade de Deus e, portanto, se aplicaria a todos.
That is a way to interpret Odù.
Há também o que os teólogos chamam de abordagem existencial à escritura. Isso significa que o teólogo tem a tarefa de aplicar a mensagem para a situação. Um existencialista acredita que é impossível para os humanos entender a vontade de Deus. Escritura é a aproximação da vontade de Deus usada como uma ferramenta de resolução de problemas, e não como um mecanismo para o controle e a manipulação do espírito humano. Quando olhamos para a linguagem simbólica da escritura, enquanto em um estado alterado de consciência, temos a possibilidade de acesso a toda a gama do potencial humano no ato de dar orientação a alguém que está em crise.
Vejamos o verso a partir do ponto de vista existencial.

Òfún Ìrẹtẹ

Óleo de palma é bom para complementar o inhame para o consumo
E inhame é bom como complemento para a alimentação com óleo de palma

Comentário:
Normalmente o ẹsẹ Odù começa com o nome do Áwo e o nome do Áwo é a solução do problema. Neste Odù o verso começa com um proverbio. O proverbio sugere que a missão do inhame é boa, junto ao óleo de palma.
Verdadeiro.

O proverbio não diz que a única maneira de comer inhame é com a mão e que todos devem comer inhame com óleo de palma.
Interpretar o provérbio como dogma, é colocar viés pessoal em uma observação aceita que claramente tem exceções. Eu iria ao ponto de dizer que não existem duas pessoas que comem seus inhames da mesma forma.

A escada é boa para subir a viga.

Comentário:
Novamente, isto é auto evidente e, novamente, ele não diz que todos devem usar uma escada para subir e não diz que não usar uma escada seja algo ruim.

Uma mulher é melhor para um homem fazer amor com que seus companheiros
Para um homem é melhor uma mulher para dormir como sua companheira

Comentário:
Mais uma vez, temos uma evidente observação cultural. Eu não conheço nenhuma pessoa LGBT que não entenda a função reprodutiva da sexualidade masculina e feminina. Eu não conheço pessoas LGBT que não entendem que homens e mulheres heterossexuais geralmente têm um grande prazer durante o processo de procriação.

Então, qual seria o ponto em termos de uma interpretação existencial do versículo?
Parece-me que este versículo está abordando a questão da preferência sexual por uma pessoa que é ambivalente, sobre sua preferência ou confuso sobre a sua preferência sexual. Há pessoas que experimentam a certeza sobre a sua preferência sexual e há algumas pessoas que experimentam a dúvida sobre sua preferência sexual. Se uma pessoa traz sua dúvida para Ifá isso não significa que haja um tabu contra o gênero sexual.
Seu problema não é meu problema e é por isso que fazemos adivinhação.
Na minha humilde opinião, uma interpretação fundamentalista e tão dogmática deste verso é um pouco míope, ou seja, uma visão curta.
A palavra Ifa significa: A sabedoria da natureza.
Nós assimilamos que o significado de Ifá òrìşà é o amor incondicional para o espírito e nós transformamos este amor em sabedoria. A disciplina espiritual de Ifá fala sobre a transformação de Ifé em Ifá.
A sabedoria é a integração do conhecimento com a experiência, temperada pela compaixão e a empatia. Isso significa que nossa primeira obrigação como um adivinho é sentir empatia por alguém que está passando por uma confusão na escolha da sua preferência sexual e oferecer uma resolução para a confusão baseada não na nossa preferência, mas com base no destino da pessoa que veio a nós em busca de orientação. A psicologia e a biologia têm estudado a questão da preferência sexual em profundidade. Como Áwo, se vamos interpretar uma mensagem espiritual transcendente que se aplica a um momento histórico e local específico para uma pessoa específica, temos a obrigação de conhecer e compreender a informação relacionada com a nossa fonte e a confusão do cliente.
Os psicólogos nos dizem que a atração de gênero tem duas fontes. Uma é hereditária e a outra é de desenvolvimento.
Se uma pessoa tem uma inclinação hereditária em direção a sua intimidade de gênero, que por sinal, foi uma escolha feita no Òrun antes de vir à Terra, esta é uma escolha daquele momento e Òlódùmarè e o Áwo não tem nada a ver com esta escolha.
A questão do desenvolvimento é baseada na dinâmica de traumas de infância. Se uma criança é abusada sexualmente por um membro do sexo oposto, esse abuso pode causar uma aversão ao sexo oposto. Tal aversão pode ou não ser compatível com inclinações hereditárias.
Nosso trabalho como Áwo é curar a raiva, a vergonha, a decepção e a confusão causadas por abuso sexual na infância e colocar o cliente em posição de fazer a escolha de sua preferência sexual desinibida por traumas da infância. Se você disser a um cliente que sofreu trauma sexual na infância que sua preferência sexual é negativa, você estará negando qualquer possibilidade de cura. Você traz um grande dano para esta pessoa que já sofreu danos inimagináveis e contradições. Está auto descrito qual é a função de um Áwo.

Se um homem dorme com um homem isto irá resultar em pedaços, furúnculos e bouba (doença de pele)
Se uma mulher faz amor com a mulher do companheiro
Isto irá resultar em trevas, federá a sujeira, mau odor e irritação

Comentário:
Há Odù que avisam o cliente contra a possibilidade de doenças sexualmente transmissíveis como o resultado de encontros heterossexuais. Parece-me que é um alerta contra a possibilidade de doenças sexualmente transmissíveis como o resultado de encontros homossexuais. Para fazer a suposição tola de que a advertência contra doenças transmissíveis homossexual implica um tabu contra homossexualidade, então você teria que aplicar a mesma lógica boba para a ideia de que você pode contrair doenças transmitidas heterossexualmente.

Para mim, a ideia de interpretar a linha acima deste ẹsẹ Odù como um tabu contra a intimidade de gêneros, é uma distorção da lógica que está abaixo de nós, homens e mulheres que fazem o esforço de transformar Ifè em Ifá.

Se um homem faz amor com uma mulher
E uma mulher dorme com um homem
O resultado é como se sentir no topo do mundo
A sensação é como ter prazer ilimitado e incondicional

Comentário:
Isto é simplesmente uma repetição da referência anterior. Você pode ver isso como a expressão de um tabu (o que claramente não é) ou você pode vê-lo como um incentivo para alguém que pode ter sido abusado e que está considerando uma escolha diferente em relação à preferência sexual. De um ponto de vista cultural, a cultura yorùbá tradicional tem uma forte advertência em termos de ter certeza que os antepassados têm corpos através do qual podem reencarnar. Na cultura yorùbá tradicional a ênfase no valor das crianças faz com que algumas pessoas com preferências pelo mesmo sexo considerarem a bissexualidade.
Isso significa que eles desejam filhos sem negar a sua preferência.
Na minha experiência, a poligamia yorùbá tradicional suporta essa opção.

Órgão de Òfún-Rete é forte e túrgido
Este foi quem lançou Ifa para um celibatário radical

Comentário:
Esta é a frase-chave para a compreensão da aplicação deste ese Odù. Eu nunca conheci um awo que acredita que cada verso em cada Odù divinado para um cliente se aplica a esse cliente. A adivinhação envolve determinar quais versículos se aplicam à orientação que a pessoa precisa. A estrutura do Odù Ifa como tão maravilhosamente explicado por chefe Wande Abimbola é que no Odù Ifa o nome do cliente é o código para o problema a ser discutido no verso. O nome do cliente é celibatário radical.

O nome do cliente sugere uma pessoa que não é casada e que, aparentemente, não tem interesse no casamento. Uma pessoa que se contenta com a possibilidade da sua vida como um (alguém que possivelmente se contenta com um estilo de vida e de gênero) solteirão que veio a Ifá para confirmar a validade de sua escolha com base no seu destino, pois o escolheu no Òrun.
Para ficar claro, dada a pergunta, a resposta poderia ser qualquer uma, continuar a ser gay, tornar-se heterossexual ou abraçar a bissexualidade como uma forma de criar uma família.
A expressão celibatária radical não sugere uma pessoa ruim fazendo coisas más que precisa ser punido. A interpretação, celibatário radical feita por um fundamentalista, do ponto de vista dogmático desafia todas as regras de interpretação do Odù.
Na minha experiência, a língua yorùbá é muito objetiva e o Odù Ifá diz o que isso significa e significa o que ele diz.

Quando ia casar com a descendência de Olete Ọlọ́fà
O celibatário radical chamou Olete mas ela não respondeu

Comentário:
Isso vem que ser a confirmação evidente que estou no caminho certo com a minha interpretação desse versículo. Celibatário radical quer casar Olete que não está interessada.
Olete vem da elisão: O ilè ate, ou seja, o espírito da família está numa encruzilhada que significa que o cliente precisa tomar uma decisão.
A decisão é explicitada em linguagem clara, de que ele permanecerá solteiro ou ele se casará. A inferência aqui é que o Olete não está interessado em casamento porque Celibatário radical não está interessado em mulheres. A falta de interesse não vem com uma declaração explícita de que a ausência de interesse é ruim, é apenas uma observação do que é o momento do cliente. O versículo se aplica ao cliente que recebeu o Odù Òfún Ìrẹtẹ ou não.
O Odù se aplica a todo o homem que tem dúvidas sobre se casar com base em sua orientação sexual, é uma hipótese que está além de ser um bobo. Deixe-me ser gentil aqui e dizer que é uma suposição que não parece ter o apoio das palavras do ẹsẹ Odù.

Não é um problema que Ifá não possa resolver.

Comentário:
Exatamente, o problema não é mais do que Ifá não possa resolver.
Preste atenção: Observe que o versículo não dá uma solução.
Deixe-me dizer isso de novo, observe que o versículo não dá uma solução.
Ele simplesmente diz:
Ifa pode resolver o problema e como ele resolverá o problema?
Ele resolverá o problema perguntando:
Deveria esta pessoa se casar?
Baseado na minha experiência como um adivinho, quando você fizer essa pergunta a resposta pode ser sim ou não.
Se você basear a resposta sobre o seu medo pessoal relativo a intimidade de seu gênero, então a resposta será sempre sim.
Como um Àwo que acredita que o profeta Ọrúnmìlà era um existencialista que gostaria de fazer o julgamento do que responder a pergunta baseada no medo sobre a sua intimidade sexual, seria incoerente com a mensagem do profeta Ọrúnmìlà como eu o entendo.
Isso é simplesmente a minha opinião.

Ire Baba

Tradução: Odé Gbàfáomi.

Read Full Post »

%d bloggers like this: