Anúncios
Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Outubro, 2009

Nkosi

Nkosi

Tat’etu NKOSI (Nosso Pai Leão)

É o Mukisi/Nkisi que se revela como a divindade do ferro, dos ferreiros e de todos aqueles que utilizam esse metal: agricultores, caçadores, açougueiros, barbeiros, marceneiros, carpinteiros, escultores e ainda como o patrono das tecnologias, pois se liga ao fogo, e foi a partir da fundição do metal que se desenvolveu a expansão humana. É o Leão sagrado – O Guerreiro da justiça, o comedor de almas dos ímpios e injustos. Nkosi manifesta-se no sistema passional ligado ao plexo solar das emoções e desejos. Pelo seu carácter impetuoso é a manifestação divina associada as brigas e guerras, com temperamento dominador, autoritário e violento.

Kizilas: Seus filhos devem evitar a tangerina, couve e aimpim.
Saudações: Luna kubanga kuta kueto Nkosi (Nkosi, aquele que briga por nós) / Pembelê Nkosi – Kiua! – Eu te saúdo Leão (o guerreiro) sagrado. Salve!!!
Elemento: Ferro /Fogo
Símbolo: Espada e instrumentos de ferro, pontiagudos e cortantes.
Dia da semana: Terça-feira.
Fio de contas: Azul-marinho.
Roupa: Azul com detalhes em vermelho ou roupas colorida com predominância do verde ou azul-marinho.
Mineral: Minério de ferro e mercúrio.
Oferendas: Feijoada, grãos em geral, inhame (cará), dendê, mel e farofa de banana da terra.

RELACIONAMENTOS: Os filhos e filhas de Nkosi têm compatibilidade com pessoas de Dandalunda, Mikaia, Matamba Hongolo, Pambu Njila e Ganga Malembá.

Tata Ngunz’tala
Publicado no Jornal Tribuna Afro-Brasileira

Anúncios

Read Full Post »

Vamos a partir de hoje publicar aqui no blog mais algumas matérias sobre os Nkisi.
Desta feita contamos com a preciosa contribuição de Pai Francisco Ngunz’tala / Tata Ngunz’tala.

Estes são textos resumidos que produzi para serem publicados no Jornal Tribuna Afro-Brasileira (todos Publicados).
Resolvi repartir com todos. Não tem nenhum segredo. Está publicado e é uma simplificação de tudo que um Nkisi pode ser. Não envolve fundamentos de iniciação nem de culto. Podem ser usados como referência.

Que o Todo Poderoso nos abençoe sempre. Nos dê clareza para entendermos até as pedras dos caminhos. Nos dê sabedoria e paciência para não julgarmos, e para os que tem o cargo de sacerdote/sacerdotisa entender que o papel é intermediar entre os humanos (todos nós – iguais) e o divino, e não sermos juízes.

Espero que seja proveitoso para todos. Esclarecemos que Nkisi/Mukisi são as divindades cultuadas nos candomblés de Angola/Congo. Estão no mesmo nível mitológico dos Orixás”.

Tata Ngunz’tala
CEN DF e Entorno
61.8124.0946

 

 pambu-njila

PAMBU NJILA / MAVAMBO

“Só fale comigo se realmente estiver certo do que quer”

Mukixi/Nkisi mensageiro entre os homens e as  divindades, guardião da porta da rua e das encruzilhadas. É o mais subtil, mais astuto e mais próximo do humano, de todos os Jinkisi. Ele aproveita-se de suas qualidades para provocar mal entendidos e discussões entre as pessoas ou para lhe preparar armadilhas. Pode ter matado um pássaro ontem, com uma pedra que jogou hoje! Ele é encarregado de zelar pelos caminhos da vida humana e responsável pela evolução dinâmica. É o guardião da Lei Universal e pedra do caminho. É quem zela para que cada um receba de acordo com seu merecimento. Se alguém se acha muito bom e evoluído capaz de mudar de plano espiritual, é Ele quem vai agir para que ninguém incapaz possa passar a outra fase espiritual.

Kizilas: Seus filhos devem evitar a tangerina e óleo branco extraído do coquinho do dendê. 
Saudação: Kiuá Nganga Pambu Nzila (viva o senhor dos caminhos)
Elemento: Fogo.
Símbolo: Um bastão adornado com cabaças e búzios.
Mineral: Carvão koque e mercúrio.
Dia da semana estabelecido no Brasil: Segunda-feira.
Fio de contas: Vermelho e preto ou cores primárias mais o preto.
Roupa: Vermelha, preta, branca, cinza e roxo.
Oferendas: Farinha com dendê, feijão, água, mel, aguardente (come tudo que a boca come).

RELACIONAMENTOS: Seus Filhos e Filhas tem compatibilidade com pessoas de Dandalunda, Hangorô, Matamba, Lembaranganga, Mutalambô/ Nkosi e Nkaiala.

Read Full Post »

%d bloggers like this: